Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies


Notícias

Projeto com a Vale sobre desempenho tribológico e reciclagem de materiais usados nas minas.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012 16:47

Neste mês de novembro, o Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies inicia um projeto de pesquisa junto à empresa Vale, a segunda maior mineradora do mundo.

O estudo vai avaliar cientificamente materiais utilizados em componentes que são usados na Mina de Cauê (MG) durante o beneficiamento de minério. Numa segunda etapa, o projeto vai propor mecanismos para melhoria de seu desempenho tribológico e para reciclagem de alguns materiais. O conhecimento gerado deverá ser aplicado na Vale de forma global.

Várias seções do Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies participarão do projeto, reunindo suas competências e infraestrutura de pesquisa em Física, Materiais e Engenharia Mecânica. Trata-se das seções da PUC-Rio (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro), UCS (Universidade de Caxias do Sul), UFES (Universidade Federal do Espírito Santo), UFF (Universidade Federal Fluminense) e USP (Universidade de São Paulo).

O projeto contará com financiamento da Vale, por meio da sua Diretoria de Ferrosos Sudeste (DIFS) e do Instituto Tecnológico Vale (ITV).

"Em um cenário em que necessitamos fazer mais com menos, esperamos contribuir de forma significativa com a redução de gastos e promover a otimização para especificações técnicas e de recebimento de materiais", diz Ronaldo de Souza Jabour, gerente de Engenharia de Manutenção Industrial da DIFS. "Estas oportunidades para desenvolvimento de estudos em relação aos materiais de desgaste e recicláveis estão priorizadas na Engenharia de Manutenção", completa.

Parceria

O projeto é resultado de uma parceria entre a Vale e o Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies que vem sendo construída desde junho de 2010. Na época, Ronaldo Jabour entrou em contato com o Instituto visando uma colaboração para realizar um workshop sobre o desgaste de materiais usados nas minas.

Após visitas de um grupo de pesquisadores do Instituto à mina, partiu-se para a organização do evento, que foi realizado por meio do trabalho colaborativo e constante das equipes do Instituto e da Vale. O workshop ocorreu em fevereiro de 2011, reunindo, em Belo Horizonte, mais de 40 profissionais de diferentes unidades da Vale.

"Este projeto resume a política do Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies de aproximação do setor acadêmico com o setor produtivo, que é uma das linhas mestras do nosso instituto desde a sua criação", diz o professor Fernando Lázaro Freire Junior, coordenador nacional.

Fonte: Gerência de Comunicação do Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies

Palavras-chave: engenharia de superfície, engenharia de superfícies, Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies, materiais de desgaste, mineração, puc-rio, reciclagem, tribologia, UCS, UFES, uff, usp, vale

Adicione aos seus favoritos e compartihle


Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies O Instituto, Serviços, Faça Parte, Fale Conosco

Engenharia de Superfícies Notícias, Artigos e Patentes, Midiateca, Eventos, Blog

Creative Commons License Conteúdo licenciado pelo Creative Commons

O Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies é um dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs) do CNPq

Apoio

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

O Instituto Nacional de Engenharia de Superfícies, um dos INCTs do CNPq, reúne e articula em nível nacional os melhores recursos humanos e de infraestrutura em engenharia de superfícies. O instituto propõe uma estreita colaboração entre grupos de pesquisa e sistemas produtivos a serviço do crescimento sustentável do Brasil pela via da inovação tecnológica.

Desenvolvido por TUA Tecnologia